Comportamento e legado profissional na Consultoria de Imagem

jun 27 2021

Comportamento e legado profissional na Consultoria de Imagem

Você já parou para refletir sobre que imagem gostaria de transmitir para as pessoas? E mais. Já se perguntou se o seu comportamento corresponde à forma como deseja realmente ser vista (o)? Pois bem, essa deveria ser uma das nossas principais preocupações quando o que está em jogo é a nossa imagem, seja ela pessoal ou profissional. A maneira como nos comportamos diz muito sobre quem somos em nossa essência. Não podemos defender princípios e valores e agirmos de forma diferente quando nos relacionamos com as pessoas.


Por isso, nosso comportamento é tão importante e respinga diretamente na nossa imagem, seja de forma positiva ou negativa. E ninguém quer ser lembrada (o) pelos aspectos negativos de seu comportamento em relação ao outro, não é mesmo? Com a pandemia estamos vivendo um momento atípico em nossas vidas, muitas pessoas foram atingidas direta ou indiretamente. Mais do que nunca, nossas redes de relacionamento, pessoais e profissionais, precisam ser tratadas de forma cuidadosa e empática.


Este é o momento de ressaltarmos nossas melhores “soft skills“, ou seja, nossas melhores habilidades nas relações interpessoais. Não podemos nos esquecer de que é o nosso comportamento que vai guiar as impressões que as pessoas têm sobre nós. Aliás, lembrem-se de que bastam apenas alguns segundos para que alguém forme uma primeira impressão a nosso respeito. É a partir do primeiro contato, pessoal ou online, que nossas relações podem ou não ser bem-sucedidas, especialmente no que se refere ao aspecto profissional, já que em alguns casos podemos não ter uma nova chance de desfazer uma primeira impressão negativa. 


Trate a todos, independentemente da posição social ou hierárquica que ocupem, da mesma forma. No ambiente profissional seja colaborativa (o), atenciosa (o), gentil, educada (o), empática (o) e saiba entender as dificuldades e dores de cada um. Seja uma pessoa que faz a diferença. Pense sempre sobre o legado que pretende deixar por onde passar. Ao lidar com um cliente, respeite as suas escolhas e maneira de pensar. Use as habilidades que menciono no artigo para realizar o trabalho que precisa ser feito sem entrar em desacordo.  


Outro ponto importante é a comunicação não verbal. Nossas expressões faciais e nosso gestual precisam corresponder ao que estamos dizendo. Fiquem atentas (os)! Frequentemente somos traídas (os) por expressões que refletem nossos pensamentos, mas que deveriam ser evitadas para não causar situações constrangedoras. Mesmo que você discorde, procure demonstrar compreensão e exponha seu pensamento de forma positiva e acolhedora. 


A pandemia nos levou para a frente das telas. Passamos a exercer nosso trabalho de outra forma. E vamos combinar, nos saímos muito bem, não é mesmo? Mas todo cuidado é pouco. Pode não parecer, mas o relacionamento através das telas requer uma atenção especial. Nesse momento, a sua imagem precisa passar confiança e estar alinhada aos interesses do cliente por meio desse canal de comunicação.


Nosso principal propósito deve ser impactar positivamente a vida das pessoas com quem nos relacionamos. Pense nisso todas as vezes em que começar um novo trabalho. Boa sorte!


Este artigo foi escrito por Rachel Jordan


Rachel Jordan é referência no mercado de Consultoria de Imagem e Comportamento, executa um trabalho estratégico e personalizado para empresas, profissionais liberais e pessoas interessadas em melhorar sua imagem, que procuram se reposicionar na carreira ou se colocar de maneira mais apropriada no cotidiano.


Foto de fauxels no Pexels

0 Comments
Share Post
No Comments

Post a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.